quarta-feira, 24 de março de 2010

Barroco Italiano

Os artistas de Roma inauguraram o estilo barroco, que depois se expandiu para o resto da Europa. Nessa época, foram fundadas academias de arte para ensinar aos artistas as técnicas desenvolvidas na Renascença. Podia-se representar com perfeição o corpo humano visto de qualquer ângulo, desenhar a mais complexa perspectiva e reproduzir realisticamente qualquer aparência. O Barroco divergia do Renascimento, colocando a ênfase na emoção e não na racionalidade, no dinâmico e não no estático, como se os artistas barrocos pegassem as figuras da Renascença e as pusessem num redemoinho. Três artistas, em diferentes meios, representaram com excelência o pináculo do Barroco italiano: o pintor Caravaggio, e escultor Bernini e o arquiteto Borromini.

Michelangelo Merisi da Caravaggio

A Conversão de São Paulo, CaravaggioA Conversão de São Paulo, Caravaggio, c. 1601, Santa Maria Del Popolo, Roma

 

Giovanni Lorenzo Bernini

Apolo e Daphne, Bernini

Daphne e Apolo, Bernini

Francesco Burromini

San Carlino, 1638-1641

San Carlino, Francesco Burromini

Carol Strickland, Arte Comentada, Da Pré-História ao Pós-Moderno.

Assine nosso feed. É Grátis.

Leia Também: Pontormo e Rosso

2 comentários:

sosvip disse...

Não conheço nenhum dos artistas mencionados, porém o Barroco foi um período bem marcante na história da arte!
Abração Susi!

Jan disse...

Olá!
Gostei muito do Blog, estou estudando Artes Visuais e a História da Arte é fascinante !
Abraços
Janice